PALCO VODAFONE DO ROCK IN RIO-LISBOA

Publicidade
xcb
 
Divulgado hoje  o cartaz completo do Palco Vodafone, uma das novidades da edição de 2014 do Rock in Rio-Lisboa. Todas as atenções para as bandas confirmadas estão Wild Beasts, Blood Orange, Silva, Triptides, Bombay Bicycle Club, Linda Martini, Salto, Frankie Chavez, Capitão Fausto e Cais do Sodré Funk Connection.
De acordo com Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio, “esta é a primeira vez que uma marca toma conta de um dos palcos do evento. A Vodafone é a primeira marca a patrocinar um palco do Rock com esta envergadura na Cidade do Rock, e a desenvolver toda a sua programação”.
O processo de inscrição no casting Vodafone Rock in Rio é bastante simples: basta entrar em www.rockinrio.vodafone.pt – Casting Bandas, e preencher o formulário que inclui dados dos integrantes da banda e ainda o link de um vídeo para performance da banda.
Alinhamento do Palco Vodafone
 
SILVA – 25 de maio
Lúcio Silva, mais conhecido por “SILVA”, regressa a Portugal para apresentar o seu mais recente trabalho.
Logo após o lançamento de “Claridão”, em outubro de 2012, o músico traz-nos “Vista pro Mar” que, nas palavras do próprio, ”surgiu numa tarde ensolarada em uma piscina – como se fosse um caso de amor adolescente, daqueles que nos rende um ano de dor de cabeça criativa…
E terminar um disco é como reencontrar aquele amor adolescente anos depois, mais velha, mais madura e bonita e pensar: “Acho que vou chamá-la pra sair.”
 
CAIS SODRÉ FUNK CONNECTION – 25 de maio
Apaixonados pelo funk e a soul, os CAIS SODRÉ FUNK CONNECTION dedicam-se a recriar o som e o ambiente dos clássicos da Motown, Stax, Chess Records e outras editoras míticas das décadas de 60 e 70, com a dedicação e energia de uma verdadeira celebração.
O grupo de veteranos da música portuguesa, que no conjunto congregam elementos dos Cool Hipnoise, Orelha Negra, Mr Lizard, Afonsinhos do Condado, banda Sam the Kid, Spaceboys, Cacique 97 e Sitiados garante a sabedoria necessária à produção do mais contagiante groove.
Fiéis ao groove e à tradição que vêm a estudar e a recriar regularmente há mais de 2 anos, editam o seu primeiro álbum de originais em Setembro de 2012, “You Are Somebody!”, em simultâneo com o primeiro single vinil 45rpm de funk em Portugal, ao lado da lenda Rickey Calloway, the King of Funk da Florida USA!
TRIPTIDES – 29 de maio
Musica homemade, ou seja, criada por Glenn Brigman e Josh Menashe na sua própria casa.
Este duo trabalha em conjunto há já algum tempo e transforma as suas gravações caseiras em espetáculos ao vivo desde 2010.
Os Triptides estão constantemente a criar e a apresentar novas versões da sua música aos seus ouvintes. Atualmente apresentam-se ao vivo com Dylan Sizemore no baixo e Jeff Grant na bateria.
Frankie Chavez – 29 de maio
A música de Frankie Chavez conjuga diferentes tipos de sonoridades, refletindo as influências musicais que ficam das suas viagens. O resultado é um Blues/Folk composto por ambientes limpos e por outros mais crus e psicadélicos. Apesar de se identificarem diferentes influências musicais, (Robert Johnson, Jimi Hendrix, Kelly Joe Phelps, Ry Cooder) é difícil encontrar num único termo a definição para a sua música.

Em 2009 edita “The Search” e participa na banda sonora original de “Pare, Escute, Olhe”, documentário de Jorge Pelicano.

Em Março de 2010 Frankie Chavez lança o seu primeiro EP homónimo e em Janeiro de 2011 termina as gravações do seu primeiro álbum de estreia intitulado “Family Tree” que conta com a participação de alguns convidados, entre os quais o baterista Kalú (Xutos e Pontapés).

BLOOD ORANGE – 30 de maio
 
Devonté “Dev” Hynes também conhecido como “Lightspeed Champion” ou “Blood Orange” é um cantor, compositor, autor e produtor Britânico que já trabalhou com bandas como Florence and the Machine, Diana Vickers e The Chemical Brothers.
Este é o seu projeto mais recente, em que o músico londrino explora a sua faceta mais eletrónica. Em 2013 editou o segundo álbum – Cupid Deluxe, bastante elogiado pela crítica.
As músicas de Blood Orange estão subtilmente niveladas entre a música eletrónica, o pop dos anos oitenta, new wave e R&B.
SALTO – 30 de maio
 
A vida de um músico pode nascer de várias formas, os Salto tiveram a sorte de nascer na mesma família e de desde cedo terem vivido a música em conjunto. Os primos portuenses Guilherme e Luís rapidamente perceberam que juntos poderiam ser uma e em 2006 pisam o palco pela primeira vez.
A 2 de Julho de 2012 editam o primeiro album do qual retiram o single que ainda hoje é um hit “Deixar Cair”, a que se seguiram muitos e muitos espectáculos de Norte a Sul do país.
 
Wild Beasts – 31 de maio
Os Wild Beasts são uma banda de indie rock inglesa com 4 álbuns editados. Formada em 2002 por Hayden Thorpe e Ben Little – na altura o duo chamava-se Fauve , o termo francês para besta/animal selvagem (wild beast).
Quase dois anos depois juntou-se ao grupo o baterista Chris Talbot , conhecido como “Bert”, que mudou o nome da banda para Wild Beasts. Em Junho de 2004 editam o seu primeiro demo EP homónimo.
O som dos Wild Beasts é épico, grandioso e ambicioso. Senhores de uma de sonoridade muito própria, o ultimo álbum dos Wild Beasts, “Present Tense” é o registo mais eletrónico da banda.
Capitão Fausto – 31 de maio
O grupo é constituído por cinco rapazes de Lisboa que em 2009 começam a sua carreira artística sob outras formas como a pintura, escrita, a composição e interpretação. Da banda fazem parte Manuel Palha (guitarra), Domingos Coimbra (baixo), Francisco Ferreira (teclas), Tomás Wallenstein (voz e guitarra) e Salvador Seabra (bateria).
Depois de se terem estreado com um EP homónimo que os dá a conhecer ao público, a banda estreia-se nos álbuns em 2011 com o disco “Gazela”. O single de abertura, ‘Teresa’, rapidamente se tornou num tema muito aplaudido.
As influências dos Capitão Fausto são muitas mas nota-se a predominância das guitarras. Entre os portugueses que os inspiraram estão os Ornatos Violeta, Peixe:Avião e doismileoito.
 Foro: Agenciazero