Dar Vida aos Jethro Tutll

1697

10385037_10152061086825841_1313383084_n

 

Tu que me observas sem ver e me ouves sem escutar consegues absorver o que digo a pensar nos dias que correm atrás das noites nos sonhos que morrem cansados de esperar amordaçados no cativeiro da alma… Faltou-te a coragem de lhes dar vida… Levanta-te e anda, passo a passo entrega ao mundo o teu eu prisioneiro aquela alma que se verga ao frio de janeiro e não deixa entrar o sol, da esperança companheiro dentro de ti há um universo por descobrir que teimosamente insistes em calar há uma voz imensamente voraz inquieta por gritar e um homem e uma mulher com tanto para conquistar entrega ao mundo o teu eu prisioneiro e deixa-o lutar pelo seu sonho verdadeiro… Antes que morras primeiro…
Sugestão Musical

Os Jethro Tutll apareceram em Blackpool, Inglaterra em 1967, o seu líder de sempre e fundador foi Yan Anderson, exímio vocalista, flautista (conhecido como o mago da flauta), as suas letras algo surreais por vezes retratavam um universo longinco no tempo encetando no entanto o paralelo com o tempo presente, onde o maneirismo era por demais evidente no estilo vocal deste grande contador de histórias. A sua música com base no Blues Rock viajava também por sonoridades clássicas, folk, jazz, rock e progressivo entre outros. Venderam mais de 60 milhões de discos numa carreira que terminou em 2011, com mais de 20 elementos a incorporarem a banda ao longo dos anos, mantendo sempre a alma de Yan Anderson e o guitarrista Martin Barre que entrou em 1969 como elos fundamentais na formação. Pelo tempo semearam 21 discos e milhares de concertos em todo o mundo. Para a historia uma das mais brilhantes bandas do Rock progressivo jethro Tull que recordamos ao vivo em tampa em 1976 num Mítico concerto…