Movement: Muito sexo!

Publicidade

O sexo parece ser a base do trabalho lançado pelo trio Movement, sons Trip-Hop com misturas da década de 1990, o trio australiano fez de cada música uma ponte para a sexualidade
Dirigido por Fleur&Manu, o trabalho aos poucos deixa os limites do casal escolhido para o registro de forma a se aproximar do espectador, seduzido pelas imagens e batidas lentas projetadas ao longo de todo o trabalho. Talvez não seja bom assistir ao clipe no trabalho ou acompanhado de algum familiar.