Marionetas para maiores de 18 atuam no Teatro Carlos Alberto

Publicidade

f

O Festival Internacional de Marionetas do Porto (FIMP) arranca já amanhã, sexta-feira, 10 de outubro, com uma ode à mulher, ao amor e à sexualidade. Agapornis é o nome da peça que, até sábado, é apresentada, em estreia absoluta, no Teatro Carlos Alberto, no Porto, às 21h30. Para a produção de Agapornis, o Teatro de Maionetas do Porto partiu do universo erótico-literário da autora francesa Anaïs Nin, criando uma obra teatral para maiores de 18 anos, que cruza marionetas, objetos e dispositivos cénicos, através do confronto direto com o tabu da sexualidade.

 

Já nos dias 11 e 12, no Teatro Nacional São João, o FIMP convida os mais novos a assistirem ao espetáculo A Cauda do Senhor Kat. O livro homónimo, da autoria de Tjalling Houkema, serve de base à peça criada pela companhia portuguesa MECaNIKA, com conceção e encenação de Paulo Duarte. No espetáculo, três intérpretes – “personagens-pássaro” –, exploram os seus universos complementares, caminhando ao longo de uma linha vermelha e branca, no final da qual encontra o Senhor Kat. Nesta adaptação visual e sonora, para maiores de quatro, a narrativa ganha forma com recurso ao vídeo, à música, a instalações e manipulações.