Home Curtas Euphony, o novo disco do Mourah a dia 28 de Janeiro

Euphony, o novo disco do Mourah a dia 28 de Janeiro

Depois de Kardia, lançado em 2015, o Mourah está de volta
com um novo disco, Euphony, o seu terceiro, que será lançado a 28 de
Janeiro.

Este álbum foi composto e produzido alguns meses antes de o
mundo ser atingido por uma pandemia que atrasou tantos projectos no
mundo da arte. Entretanto, dois primeiros singles, Vagabond e Hashtag
Notalways, tinham dado um vislumbre da direcção artística assumida para
esta nova aventura musical.
Euphony propõe um universo sonoro entre uma pop alternativa elegante,
também profunda, e reminiscências de uma trip-hop melancólica que
inspirou o Mourah no passado. Aqui e ali, algumas inflexões de soul e jazz,
apoiando uma voz deslumbrante que, por vezes, lembra uma das suas
referências musicais, o falecido Prince.
O termo Euphony, que deriva do grego antigo εὐφωνία (euphōnía),
significa “harmonia de sons agradavelmente combinados” e é esse o fio
condutor deste álbum: melodias simples, objetivas e directas, sem serem
simplistas, visando mais uma resposta emocional de paz interior do que um
desafio intelectual . O Mourah procurou aqui despir a sua composição, por
um lado, e a sua produção, por outro. De facto, numa altura em que a
tecnologia oferece infinitas possibilidades, ele decidiu estabelecer um
limite de 16 faixas de gravação por tema. O objectivo era criar uma certa
intimidade com o ouvinte.
Numa segunda leitura, Euphony torna-se uma espécie de musa que
enfeitiça o Mourah em torno de uma história de ausência, abandono e
perdão aqui contada ao longo das 10 pistas oferecidas. Euphony simboliza
para o Mourah a deusa da música, por vezes cruel, por vezes generosa,
mas sempre no centro da paixão que cativa o artista de Genebra nascido
em Portugal.
O álbum foi misturado e co-produzido pelo engenheiro de som e produtor
Yvan Bing (Kitchen Studio, Genebra) e masterizado pela Mandy Parnell
(Massive Attack, Radiohead, Björk, Jamie Liddell, Feist, entre outros) no
Black Saloon Studio em Londres. O Mourah, multi-instrumentista e
produtor, continua o seu caminho solitário como cantor-compositor para
revelar uma abordagem mais refinada e íntima da música, com o objectivo
de oferecer um trabalho intemporal que permanece acessível e ao mesmo
tempo inteligente e profundo.
Finalmente, é de notar que o álbum Euphony estará disponível para
streaming nas plataformas habituais, bem como em formato LP Vinil por
volta do final de Fevereiro. O atraso no fabrico deve-se à pandemia.

Secured By miniOrange