SECRET LIE levaram a sua música ao Reino Unido

Publicidade

k

A banda portuguesa Secret Lie esteve entre os dias 28 de Fevereiro e 9 de Março a primeira “Secret Tour” por terras de Sua Majestade, a a aventura iniciou em Ilfracombe, passou por Redhill, Londres (dois espetáculos), Nottingham, Bolton, Wakefield, Swansea e Crumlin (estas duas cidades, no País de Gales), tendo terminado em Bristol, num total de 10 espetáculos.
O público britânico revelou estar muito atento à “Secret Tour”, como consequência da curiosidade que existe em relação à nova música que se faz em Portugal. Também pelos media, a banda foi bem recebida, tendo sido entrevistada por órgãos nacionais e locais, o que justifica, em parte, o sucesso da tour.
A Moorlands Radio esteve presente no espetáculo de Nottingham, tendo entrevistado a banda e gravado parte do concerto para posterior emissão. Por diversas vezes, a banda ficou mais de uma hora nas salas, após os concertos, realizando longas sessões de autógrafos e tirando fotografias com os fãs.
Em Ilfracombe, onde começou a tour, o concerto decorreu numa bonita igreja repleta de público das mais variadas idades. Redhill, perto de Londres, tinha um público mais jovem e que, no final do concerto, confessou ter gostado muito dos Secret Lie, não estando à espera de ouvir a sonoridade da banda vinda do país do Fado.
Em Londres, a banda sentiu de facto a magia de atuar na capital britânica. Em Camden Town, distrito londrino associado à cultura alternativa e onde existem inúmeros espaços de música, as salas estiveram praticamente esgotadas e o merchandise da banda teve uma grande saída. Quer em Londres quer em Nottingham, com uma sala igualmente quase esgotada, o público português esteve presente.
Bolton foi uma surpresa, pois foi onde os Secret Lie sentiram com mais intensidade o entusiasmo e carinho do público. Wakefield, perto de Manchester, foi um marco nesta tour pois o clube onde a banda atuou é frequentado, em grande número, por músicos e a reação foi tão boa que, no encore, a banda portuguesa convidou o público a cantar o tema “Creep” e o palco foi literalmente invadido, numa festa inesquecível.
Chegada ao País de Gales, para atuações em Swansea e Crumlin, a banda confirma a expectativa: o público é mais quente e ambos os espetáculos terminaram em alegria com o público no palco, tal como em Wakefield.
A experiência da tour dos Secret Lie no Reino Unido, em resumo, não poderia ter sido melhor. Os convites para voltar em Outubro deste ano foram imediatamente feitos e até companhias discográficas mostraram interesse em editar o próximo trabalho da banda naquele território.
Os Secret Lie são: Sara Madeira (voz), Pedro Teixeira da Silva (violino), Tó Pica(guitarra), Nuno Correia ( baixo), Adelino Duarte (voz e guitarra) Nuno Louro (piano) e  Tiago Ramos (bateria).
g