MATTHEW E. WHITE primeira vez em Portugal

Publicidade

Matthew-

Cantautor e produtor americano, Matthew E. White é fundador da Spacebomb Records, label em que editou o seu álbum de estreia em nome próprio, “Big Inner”, em 2012.

Considerada em Portugal uma das maiores revelações do ano passado, o título desta obra aponta para o mergulho na imensidão da alma que o criou. É também expressão homófona de Beginner [principiante]. “É o primeiro disco que assinei com o meu nome, é o primeiro disco da Spacebomb, foi a primeira vez que seguimos este processo e sinto-me um principiante enquanto compositor de canções“.
Ao escutar Big Inner nem chegamos a perguntar “de onde é que isto vem?”. Um som quente, como se a música estivesse envolvida em veludo, e uma voz que canta tanto quanto sussurra.
Estas canções têm um centro definido (o tom confessional, a voz quente e grave de White) e uma geografia aparentemente precisa (a do Sul dos Estados Unidos, terra de country mas também núcleo da soul).
Big Inner é um álbum glorioso em que lições soul de outrora se embrenham em sumptuosos arranjos de metais e em que a interpretação encontra sempre forma de ser justa para com a canção – da expressividade em câmara lenta à luxúria funk bem exposta.
Matthew E. White, com os seus óculos, cabelo comprido e barbas generosas, leva-nos ainda a pensar no guitarrista hippie que diz ter sido. Big Inner desmente essa imagem. É a Americana filtrada pela alma de Al Green, é Randy Newman trocando ironia fina pela crença no poder redentor da música. Alexei Petridis, crítico do Guardian pouco dado a epifanias, teve uma com White. Anunciou-o como uma preciosidade que devemos descobrir e acarinhar, deu cinco estrelas a Big Inner, escreveu que o álbum é um acontecimento raro nos nossos tempos: permite anunciar verdadeiramente a erupção de algo novo.
 Agora chegou a vez de Portugal descobrir Matthew E. White. O americano que pisca o olho à folk do mesmo modo com que namora o funk, faz a sua estreia em Portugal para dois espectáculos.
4 de Abril ::  Musicbox Lisboa :: 22.30h
Bilhete – 14€
5 de Abril :: Centro de Artes de Ovar :: 22.00h
Bilhete – 10€