Novo disco de PIERRE ADERNE

Publicidade

PIERRE ADERNE, conta como nasceu o disco…”Fado do ladrão enamorado” .
” Já havia gravado o disco todo, em janeiro fui passar o mês inteiro no rio de janeiro, numa das noites sai com a amiga e cantora algarvia Susana Travassos…entre um e outro choppinho no leblon, Susana disse-me: ” tive uma luz agora! vou cantar uma música para você e tenho certeza que vais grava-la! ” …começou a cantar ali mesmo na mesa do bar à capela … achei que era um samba “lado b” de Paulinho da Viola, Cartola ou Noel Rosa, quando acabou disse-me : ” trata-se um clássico de Carlos Tê e Rui Veloso, corri no dia seguinte para casa da amiga Celia Vaz ( a professora de violão  e harmonizadora #1 da bossa nova ) , harmonizamos em bossa o tema, cheguei de volta a lisboa já com algumas coisas gravadas, mandei para Tê e Veloso, recebi a benção de ambos  e pronto!  Não me canso de cantar…”Fado do ladrão enamorado”